Tempo de leitura: 2 minutos

6 Formas de Lidar com Lesões é um artigo onde abordamos o tema das lesões que nem sempre é claro o caminho correcto a seguir para uma rápida recuperação.

“Não me quero magoar, CrossFit provoca lesões.”

Quantas vezes já ouviste essa expressão dos teus amigos? Vamos ser honestos. O Crossfit tem a reputação de ser propenso a lesões. No entanto, como qualquer outra modalidade, é possível surgirem lesões. Sendo o CrosssFit uma modalidade que requer trabalho funcional muscular e articular de alta intensidade, os Crossfitters geralmente lesionam-se devido a um mau aquecimento ou má execução de um qualquer movimento.

Nenhum Treinador (Coach) com certificação de Nível 1 deve esquecer a palestra sobre rabdomiólise, uma condição causada por esforço excessivo num WOD, causando a degradação de células musculares e a sua libertação na corrente sanguínea, sendo prejudicial para os rins, podendo levar a insuficiência renal.

A questão é, como podes continuar a treinar tendo uma lesão ou caso estejas a recuperar de uma? Aqui ficam 6 Formas de Lidar com Lesões:

  1. Sê realista. Encontra uma forma de dares a devida atenção à lesão, sem que para isso consuma a tua rotina diária. Não ignores a lesão; caso contrário, o tempo de recuperação será prolongada indefinidamente.
  2. Comer é poder. Uma alimentação adequada é fundamental. Não subestimes o poder que uma alimentação cuidada te pode trazer. Uma dieta limpa pode acelerar a recuperação à medida que o corpo se regenera.
  3. Relaxa. Abranda o ritmo. Embora os WODs por vezes não ajudem devido à sua alta intensidade tenta focar-te em exercícios de fortalecimento específicos.
  4. Concentra-te no que podes fazer. Portanto, se não podes fazer agachamentos, ou mesmo correr, há muitos outros movimentos que poderás fazer como alternativa. Essa é a beleza do CrossFit – existe uma variedade de movimentos que poderás substituir treinando igualmente com intensidade.
  5. Toma iniciativa. És tu que determinas o resultado com a tua atitude. Assume a tua recuperação. Aprende e estuda anatomia e os cuidados a ter com a tua lesão. Pesquisa sobre relatos de outras pessoas que passaram por uma experiência semelhante. Regista o teu progresso, dieta e exercícios etc. Sê proactivo ao fazeres o que puderes – mesmo que isso signifique simplesmente aguardar… Mas aproveita esse tempo com outros hobbies, atividades, objetivos e atividades de que gostas!
  6. Continua em contacto com a comunidade. E se não conseguires treinares 4-6 dias por semana? CrossFit é sobre comunidade… Tanto dentro quanto fora da box. Faz o teu próprio treino em escala nem que tenhas que o modificar (scaled) e depois partilha-o com os teus amigos da box. As opções são ilimitadas! Não te podes é isolar em casa. Irás voltar em pouco tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here